Buscar
  • Petlovers

EVITE MUITOS PROBLEMAS HIGIENIZANDO OS DENTES DO SEU PET

Atualizado: Mai 7

Sabemos que a tarefa não é simples, mas é essencial para saúde de cães e gatos.


Ninguém gosta de ver o seu pet doente, não é mesmo? Por isso, a higiene bucal dos peludos é coisa bem séria quando falamos de prevenção de doenças. Sabemos que a boca é um local de grande acúmulo de bactérias e para evitar diversos problemas é importante inserir uma rotina de hábitos de higiene e limpeza dos pequenos.

A falta de hábitos de limpeza é o fator predominante para a proliferação de bactérias que causam o famoso mau hálito. Além disso, o acúmulo de tártaro (aquela crosta amarelo-amarronzada que aparece principalmente nos dentes caninos e molares dos cães) são fatores que podem desencadear retração de gengiva, perde da dentes e infecções. Outros problemas bem mais sérios podem surgir, pois há o risco das bactérias seguirem para a corrente sanguínea comprometendo órgãos vitais como: coração, fígado e rins.


A gente sabe que a tarefa não é simples. Ela exige paciência, cuidados e muita disciplina, tanto de tutores como dos bichinhos. Porém, depois que se torna um hábito, tudo fica mais fácil. Ainda mais se cães e gatos forem acostumados desde pequenos, é o que dizem alguns especialistas. Por isso, separamos alguns truques bem legais para te ajudar a iniciar o processo.


- Comece aos poucos. Nos primeiros dias, passe um pouco de pasta de dentes específica para cães e gatos no seu dedo e deixe o bichinho lamber enquanto você faz cafuné nele. Também é possível tocar levemente na gengiva dele fazendo movimentos circulares.


- Após alguns dias do primeiro passo, utilize uma dedeira ou uma gaze juntamente com a pasta de dentes específica para cães e gatos e faça movimentos cuidadosos na boca dele.


- A próxima etapa é inserir a escova de dentes. Certifique-se que o pet já esteja habituado e que a escova seja adequada para pets. A gengiva deles é bem sensível e uma escova inadequada poderá machucá-los. Sempre termine cada sessão fazendo um super carinho nele.


Além da escovação, existem outros aliados que auxiliam bastante na tarefa de higienização. Exemplos bem conhecidos são os sprays antissépticos, que ajudam a combater as infecções, petiscos antitártaros, que limpam mecanicamente e são ideais para pets jovens com muita energia e solução bucal, que é super prática pois basta misturar na água do bichinho.


Mesmo com esses hábitos, pode haver acumulo de tártaro e bactérias em locais de difícil acesso da boca do animal. Nesses casos, recomenda-se a visita ao veterinário especializado para realizar uma profilaxia.

61 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

COMO ADAPTAR SUA CASA PARA O PET

O processo de adaptação do lar exige certa dose de dedicação dos tutores Cachorro gosta de estar sempre perto do seu dono. Certamente ele vai preferir estar com você em um apartamento pequeno do que e

ACERTE NA HORA DE ESCOLHER UM CACHORRO DE PEQUENO PORTE

Eles são fofinhos mas nem sempre calminhos As raças pequenas são, geralmente, as mais “fofinhas” e desejadas na hora de escolher um pet. Isso se dá principalmente pelo espaço físico de convivência com

CACHORRO SENTE FRIO COMO AS PESSOAS?

Com a chegada do inverno é importante saber identificar e proteger bem os peludinhos Por mais que pareça óbvio para muita gente, essa é uma dúvida bastante comum entre os tutores. Por isso, é importan