Buscar
  • Petlovers

COMO MELHORAR O AMBIENTE PARA TER UM PET MAIS SAUDÁVEL

Atualizado: Mai 7

Enriquecer a casa com atrativos e desafios deixa o seu pet mais inteligente


Quanto mais atrativo é o local que os nossos peludos vivem, melhor será o seu desenvolvimento e a sua qualidade de vida. É o que dizem os especialistas quando falam em enriquecimento ambiental, que nada mais é que deixar o ambiente mais rico em termos de diversão, atratividade e desafios. Não basta só dar água e comida, é importante criar um ambiente que desenvolva sentidos como o paladar, o olfato, a audição e o bem-estar.


Existem diferentes tipos de enriquecimento ambiental, o ideal é que o pet tenha contato com todos eles. O desenvolvimento cognitivo, por exemplo, têm como objetivo estimular a parte mental e intelectual dos cães, como raciocínio e memória. O desenvolvimento físico, estimula a atividade física do animal e a interação com o ambiente com a inserção de obstáculos, caixas e esconderijos. O desenvolvimento social, busca integrar o pet com outros ambientes, outros animais e outras pessoas. E o desenvolvimento alimentar, que estimula o comportamento de caça e de desafio dos cães, algo natural quando os animais estão na natureza.


Para fazer tudo isso acontecer, nós pesquisamos algumas dicas bem fáceis de fazer em casa. Mas antes disso, alguns cuidados são essenciais, como: utilizar petiscos próprios para cães e brinquedos que ele não consiga engolir ou se machucar. O resto é caprichar na criatividade e no carinho dispensado aos peludos.


Espalhar petiscos pela casa é uma ótima forma de estimular o olfato deles. Esses produtos são diferentes das rações pois têm sabor e cheiro mais fortes. Esconda alguns embaixo de móveis, atrás de portas ou pelo jardim. Mas fique atento para a quantidade, (entre 2 e 10 por dia dependendo do tamanho) pois os petiscos têm mais sódio e conservantes. Outra dica é deixar brinquedos pela casa como cordas, mordedores, bolas ou objetos que façam barulho e despertem a curiosidade. Para os dias mais quente, ofereça pedaços de frutas congelados, mas não esqueça de retirar o caroço e fique de olho pois não é qualquer tipo de fruta que se pode oferecer. Maçãs, bananas, peras e melões são ótimas dicas. Uma musiquinha também é uma boa pedida. Existem estudos que afirmam que música clássica acalma e controla comportamentos mais agressivos dos cães.


Por fim, a boa e velha voltinha na praça para encontrar os amiguinhos e o amor incondicional dos donos, completam a receita de um ambiente mais rico e atrativo. Assim, garantimos o melhor desenvolvimento dos nossos amados.

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

COMO ADAPTAR SUA CASA PARA O PET

O processo de adaptação do lar exige certa dose de dedicação dos tutores Cachorro gosta de estar sempre perto do seu dono. Certamente ele vai preferir estar com você em um apartamento pequeno do que e

ACERTE NA HORA DE ESCOLHER UM CACHORRO DE PEQUENO PORTE

Eles são fofinhos mas nem sempre calminhos As raças pequenas são, geralmente, as mais “fofinhas” e desejadas na hora de escolher um pet. Isso se dá principalmente pelo espaço físico de convivência com

CACHORRO SENTE FRIO COMO AS PESSOAS?

Com a chegada do inverno é importante saber identificar e proteger bem os peludinhos Por mais que pareça óbvio para muita gente, essa é uma dúvida bastante comum entre os tutores. Por isso, é importan